quarta-feira, 15 de julho de 2009

reflexões...

Não faz muito tempo eu me peguei refletindo no ônibus sobre um assunto um tanto batido. A vida. É engraçado como sempre quando paramos pra pensar sobre isso ficamos um tanto melosos, não? E sempre recorremos a clichês pra se explicar. De fato acho que não há outra forma de fazê-lo.
Na boa, a vida é uma guerra. Sempre ouvimos isso. Deve ser porque é verdade. É uma guerra feita de pequenas batalhas.
Viver não é facil. Afinal, ninguém disse que seria.
É como aquele poema do Pablo Neruda. "Estar vivo exige muito mais do que o simples ato de respirar".
Mas afinal, pelo que lutamos? Pelo que sobrevivemos e vencemos nossa batalhas pessoais? Se ao vencer um problema damos de cara com outro, porque continuar em frente? Não é simplesmente mais fácil deixar tudo desabar?
Bom, eu tive minha resposta hoje.
Vivemos pelos pequenos momentos bons. Momentos que as vezes nem damos o devido valor. E que esquecemos com uma velocidade negligente.
Hoje fui com minhas melhores amigas da terra (as melhores que alguém pode ter) no cinema. E foi ótimo! Rimos tanto! Você que está lendo isso pode nem achar tão engraçado. Mas é estranho como algumas cenas da vida parecem ensaiadas.
Primeiro foi aquela no balcão das pipocas. Quarenta reais pra gastar em doces *----* Combo duplo: R$ 18, M&Ms: R$ 5,50 cada. Compramos 4 M&Ms e 1 combo. Fazendo contas rápidas os M&Ms sairiam por 22 reais. Sim, somamos os dois na calculadora. Agora sinto vergonha de admitir que me espantei quando deu 40 certinho. Mas como fiz psicologia e não matematica, economia ou algo assim a gente deixa isso quieto, certo? Mas, pra não pensarem que o erro foi só meu, a Lisinha que fez as contas. Yoh, como sempre, só rindo.
Depois, já no filme, tinha uma cena em que a Gina e o H estão correndo de uns C da M num matagal. Yan vira pra mim e pergunta: por que sempre num milharal??? E eu: é mesmo Yan, mas...isso é trigo.
E a inesquecível morte do Dumbledore. Yan (pra variar) vira pra mim e fala: cara, a morte dele é super rápido. Quando voltou a olhar a tela, realmente, já tinha passado. Ele lá, caindo da torre morto e eu rindo.
E ainda to torcendo pra que os caras q falavam espanhol no ônibus não serem argentinos.
Mas infelizmente a vida não é feita só desse momentos. As vezes pessoas próximas da gente sofrem e sofremos com elas. As vezes nos sentimos mal por estarmos tão felizes e outros não. Nos sentimos incompetentes por não poder fazer outros sentirem o que sentimos.
Sem mais palavras só queria dizer que Lari, nós estamos com você. Vamos, independende da religião que temos, orar/rezar junto com você, vamos chorar e rir com você. Porque mesmo que os acontecimentos nos afastem, e muitas vezes traga desentendimentos, amigos de verdade sempre estão ao nosso lado. Sempre.

6 maldades alheias:

Lisi disse...

Obrigado por lembrar de mim! ¬¬ mesmo me zuandoo. e daiii que eu não seii fazer conta de cabeça e tenho q usa calculadora do celular?? ISUAHDiusahdhsaiuadsh

aiiiii...fooooi muitoooooooooo booom hoje! o/
muitaaaas risadas. dia perfeito!!!:D
e até a lari parece que entrou no nosso clima e tava melhor!

e ahhh.. Obrigada por seeer minha amiga! ^^
(L)

Ricardo Miranda disse...

É incrível como vc juntou reflexões sobre a vida, argentinos(?) falando espanhol no ônibus, compras na bomboniere e filme de HP num texto só. Ah... e brigado por me antecipar que Dombledore morreu! ¬¬

Yan disse...

Luuuuuuuuuuuud
hahahha
MARA hoje emmm

ii
Rodrigo poser!
n sabia q o Dumbledore morre!
sadasuidhasuidh

guriaaaaaa, veja meu post lá. a Foto fui euuuuuuuuu que monteeeeeei
sudhiuashdiusahdiushad

:*

Ricardo Miranda disse...

QUEM É RODRIGO???

Anônimo disse...

Nem em convidou, hein!
hahahahahaha

Ass.:Marcelo

Anônimo disse...

Nem em convidou, hein!
hahahahahaha [2]

Ass: K.

Postar um comentário

 
Copyright © But We Got Rain
Blogger Theme by BloggerThemes | Theme designed by Jakothan Sponsored by Internet Entrepreneur