sexta-feira, 13 de maio de 2011

Pra mim

...ao som de A idade do céu, Zélia Duncan.

Não é propriamente ruim fazer aniversário numa sexta-feira 13. Quero dizer, eu já me acostumei. Ou deveria porque dos (não importa!) tantos aniversários que eu comemorei uns três ou quatro cairam nesse dia. Fora o simbolismo e a coisa toda não tem lá suas desvantagens. Nem vantagens, no entanto. No fundo não importa. Ainda estou me acostumando com isso de não querer fazer mais aniversários. Já fiz aniversários o suficiente! Porque cheguei numa época em que cada aniversário tem o peso de um ano inteiro. Nem me passa pela cabeça que na verdade é só a marca de 365 mini-aniversários que comemoro todos os dias. Notou a ironia na palavra "comemoro", certo?
Devo ter dito que a coisa toda de aniversários me irrita um pouco. É desanimador, na verdade. Estaria mentindo se dissesse que não é um dia esperado, que não é um dia especial. O problema é que só é especial pra quem nasceu naquele dia. Pense em quantas pessoas tiverem que acordar cedo no seu aniversário e pensaram "ai que droga! Mais um dia naquela merda de emprego!" enquanto você já acorda esperando as ligações de quem você ama. E que supostamente, e eu disse SUPOSTAMENTE te amam de volta. O problema é que quando o telefone não toca você já fica pensando que tem alguma coisa de errado, ninguém se importa com você. E todas as vezes que te ligaram e você não atendeu por preguiça de sair de baixo das cobertas?
Outro ponto negativo é que minha neurose fica pior nesse dia. E passo o dia esperando que alguma coisa nova aconteça. Não acontece, é claro, nem precisaria dizer. Isso não é terrível? Que seus aniversários sejam tão previsíveis? Sua avó que liga ainda na véspera e te dá um pequeno maço de dinheiro e te diz pra não gastar tudo em doces. Sua tia que liga na hora do almoço escondida do chefe mala. Seus pais que te dão parabéns antes de te mandar lavar ou arrumar alguma coisa. A tradicional festa surpresa no final do dia e o churrasco básico no fim de semana. Não dava mesmo pra mudar? Um ano, que seja, alguma coisa que me surpreendesse de verdade? Alguma coisa que dissesse "Xis anos atrás você nasceu e estamos realmente felizes com isso", não qualquer coisa automatizada que nem precisa ser combinada, já que acontece sagradamente todos os anos.
E por falar em felicidade. E todas as pessoas que te desejam felicidade (agradeço muito, aliás, publicamente quem se deu ao trabalho de lembrar do meu dia) mas não fazem a mínima ideia de como fazer acontecer? Desejar a gente sempre deseja mas quem é que tem o segredo de como transformar em realidade? E quem tem, geralmente, sejamos francos, não dá a mínima. O problema da felicidade é que todo mundo quer mas todo mundo quer pra si. Ninguém ainda descobriu que dividindo a felicidade ela ainda continua do mesmo tamanho. Diferente do seu último ovo de páscoa, que você abriu essa semana.
Talvez eu devesse parar de ser ingrata, ao menos hoje, e festejar as oportunidades que tive nesses vinte anos de existência. Isso aí, vinte anos. Não "vintão", como alguns me disseram. Vintinho, se não se importam. Aniversários deveriam ser daqueles dias em que você pensa nas coisas boas que te aconteceram. Tipo um ano novo, sabem? Mas particular. É só mais um dia mas não precisa ser. Não pra você. Não pra mim. Não em mim. E como diz aquela música, na medida do impossível ta dando pra se viver. Deixa que as surpresas venham em dias aleatórios, deixa o telefone tocar quantas vezes queira.
Hoje é o dia oficial em que me permito ser otimista. Nada de pensar que um aniversário a mais é ao mesmo tempo um aniversário a menos. Mesmo que eu já tenha pensado. É o dia em que não me arrependo dos meus erros. É o dia em que comemoro meus acertos. É o dia em que acredito em muitas coisas. É o dia em que começo uma lista de coisas a fazer. É um dia de calma.


"A palavra não vinha. Podia fazer mil coisas a seguir. Mas dentro de qualquer ação, dentes arreganhados, restaria aquela sua profunda incapacidade de lidar com.(...) Só que os escritores são seres muito cruéis, estão sempre matando a vida à procura de histórias. Você me ama pelo que me mata. E se apunhalo é porque é para você, para você que escrevo — e não entende nada."


P.s: Feliz aniversário adiantado para o Ricardo! Parabéns, menino! Te desejaria felicidade e sucesso mas isso você já tem. Então te desejo dobrado :)

6 maldades alheias:

Sandro Honorato disse...

Olá e ai como vai?
Seu niver mesmo?
Meus Parabens
Muitas felicidades

Beijos
..........................
www.rimasdopreto.com

Madonna disse...

Que blog lindo e convidativo. Estou seguindo, me segue também?

beijinhos

Rubi disse...

Você me fez lembrar da minha última festa de aniversário (eu deveria ter uns 9/10 anos). No dia anterior, eu nem dormi direito, quando chegou o 'grande dia' pensei que minha vida fosse mudar. Foi então que chegou a hora ... a maioria dos convidados já estavam lá, e eu fiquei apenas observando. Como eles comiam, meu Deus! Percebi a quantidade de dinheiro que meus pais haviam gasto, com aquele bando. No ano seguinte, decidi chamar apenas quem me interessava. Não ganhei presente, mas daquele ano em diante, as festas foram muito melhores, e o dinheiro que meus pais gastariam com os outros, foram bem gastos, apenas com quem eu realmente gostava. Há tempos que não passava por aqui, estava com saudades haha.

Beeijo.

Rubi disse...

Opa!
Só pra agradecer pela sugestão. Li a sinopse, e me parece ótimo! Sem falar no elenco haha.

Boa noite!
Até mais.

William disse...

Eu com quase meio século de vida não comemoro mais aniversário e nem quero, mas sempre aparece alguém com ligações, bolos, presentes...fazer o quê.
Nada contra, mas dizem que é coisa de gente ranzinza. Ah é? Então eu sou ranzinza mesmo.
Mas, se fôr o seu aniversário...parabéns!!!!!
eheheheheheheh....sacanagem hein...
O neto está ótimo e obrigado pelas palavras lá no blog.
Ótimo dia pra ti.

Vinicius.C disse...

Olá!!

Passando para desejar um ótimo fim de tarde!

Espero por vc no Alma!

Postar um comentário

 
Copyright © But We Got Rain
Blogger Theme by BloggerThemes | Theme designed by Jakothan Sponsored by Internet Entrepreneur